Estado nomeia 71 aprovados para o cargo de fiscal estadual agropecuário

1814

O governo do Estado publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) de domingo (29/1), a nomeação de mais 71 novos fiscais estaduais agropecuários, sendo 60 médicos veterinários e 11 engenheiros agrônomos. O concurso público foi realizado no início de 2022. Até então, 31 aprovados haviam sido chamados, em julho do ano passado.

“Esta é uma ótima notícia para a categoria. Mas, para que esses servidores permaneçam na função, o governo precisa repor as perdas salariais que passam de 50% nos últimos oito anos”, pontua o presidente da Associação dos Fiscais Agropecuários do RS (Afagro), Richard Alves.

O dirigente lembra que, neste período, o funcionalismo estadual recebeu apenas 6% de reposição. “A remuneração condizente com a importância do serviço realizado é determinante para a valorizar e manter as equipes de fiscalização agropecuária no Estado”, afirma Alves.

Na área vegetal, no entanto, há trabalho para pelo menos 100 engenheiros agrônomos. Atualmente, há cerca de 70 servidores com esta formação em exercício, número que somado às nomeações chegará a 81 se todos assumirem. Ou seja, ainda há déficit de aproximadamente 20 fiscais engenheiros agrônomos para atender a demanda de fiscalização, vigilância, inspeção e monitoramento em todo o Estado.

Foto: Cristhian dos Santos Teixeira

Compartilhe:
Categorias neste artigo
WhatsApp chat