Fiscal da área vegetal é reconhecida com título de Cidadã Pedritense

134

A fiscal estadual agropecuária Michelle Cristine Rodrigues Gomes, que atua na inspetoria de Dom Pedrito, foi reconhecida com o título de Cidadã Pedritense. Responsável pela fiscalização agropecuária da área vegetal de sete municípios da região, a engenheira agrônoma percebeu alterações nos vinhedos da Campanha em função da deriva do 2,4-D. A homenagem será no dia 29 de outubro, em sessão solene da Câmara de Vereadores.

“É bem interessante saber que outras pessoas, não só as do meio agrícola, percebem a importância do nosso trabalho”, relata a servidora. Natural de Curitiba (PR), Michelle reside e trabalha há seis anos em Dom Pedrito. A mudança de estado ocorreu após aprovação em concurso para fiscal estadual agropecuária na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). A agrônoma atribui o reconhecimento aos serviços prestados ao município e à região.

Na avaliação da fiscal estadual agropecuária Liese Vargas, diretora da Afagro, este reconhecimento é algo inédito. “A Michelle é uma fiscal muito atuante na região. Este título é importante justamente para mostrar que a fiscalização busca o bem geral para a sociedade”, comenta a engenheira agrônoma, lembrando que, muitas vezes, a natureza do trabalho do fiscal gera conflitos. A dirigente ressalta que o objetivo da fiscalização é salvaguardar a população de possíveis danos causados pelos infratores. “É muito gratificante saber que a sociedade reconhece isso”, acrescenta.

Há um ano, Michelle contou sua história e relatou suas descobertas em relação aos danos do 2,4-D na série especial de entrevistas #AfagroEmAcao.

Compartilhe:
Categorias neste artigo
WhatsApp chat